CONSCIÊNCIA COLETIVA

Tag archive

Racismo

Romance de Harper Lee é retirado da base curricular do ensino médio em Biloxi

em Cinema/Leitura/Notícias/Novidades por

A corte educacional de Biloxi, cidade localizada no litoral do estado do Mississippi, retirou do seu currículo do ensino médio o livro To Kill a Mockingbird. Publicado em 1960 pela escritora Harper Lee, o romance recebeu o prêmio Pulitzer por sua representação do racismo em uma cidade do Alabama, porém em muitas de suas páginas é possível encontrar a palavra N.

Continue Lendo

O que achamos: Corra! (2017)

em Cinema/O que achamos por

Como partes de uma sociedade repleta de diversas nuances, somos um produto extremamente complexo. Trabalhando com o conceito de identidade, não podemos jamais dizer que temos uma identidade apenas, pois somos plurais; sendo assim, é muito natural que nos sintamos bem em determinados lugares, e não tão bem em outros. Por vezes, até o mesmo lugar pode nos fazer sentirmos diferentes em momentos diferentes de nossas vidas. Por exemplo, estar numa sala de cinema geralmente me traz ótimos sentimentos; no entanto, assistir Corra! me fez sentir exatamente o oposto. E, ao contrário do que muitos possam achar, isso é excelente.

Continue Lendo

Diretor Jordan Peele fala sobre roteiro de “Corra!”

em Cinema/Fique de olho por

Envolvente e tenso, “Corra!” (Get Out) retrata o preconceito racial através da ótica de Chris, interpretado pelo ator inglês Daniel Kaluuya. Para o diretor e comediante Jordan Peele, o roteiro espelha a atual realidade norteamericana e traz situações reais para as telas do cinema em forma de crítica: “Espero que as pessoas discutam raça como nunca discutiram antes”, diz o diretor. Clique aqui para entender mais sobre o argumento do filme.

Continue Lendo

“Dear White People” e o racismo inexistente

em Séries/TV e Séries por

No último dia 08 a Netflix liberou muitos trailers de suas produções desse ano. Tivemos Punho de Ferro, Orange Is The New Black, Stranger Things… todas séries muito esperadas por seus assinantes. Dentre as novas séries tivemos “Dear White People” série baseada em filme de mesmo nome lançado em 2014. O trailer da série é praticamente igual ao trailer do filme, nele a protagonista radialista dá dicas sobre fantasias de halloween aos ouvintes da rádio da rica universidade que estuda. As autorizadas: presidentes, enfermeiras safadas etc. As proibidas? Negros. O filme – assim como a série deverá ser – é…

Continue Lendo

Azealia Banks e lugar do racismo na cultura do entretenimento.

em Comportamento/Música/Opinião por

Um cantora negra, rapper, é constantemente vítima de racismo na vida e  nas suas redes sociais  = ninguém fala nada. A mesma cantora, chamada Azealia Banks, publica posts contra seus agressores, utilizando frases transfóbicas, gordofóbicas, homofóbicas… = a imprensa toda noticia o que a cantora escreveu, nenhuma linha sobre o racismo é escrita. A carreira da cantora, que estava no começo, não decola. A cantora, ainda vítima do racismo nunca midiatizado, começa a usar as suas redes sociais em tom de revolta e continua fazendo uso de um discurso xenofóbico, elitista, transfóbico e homofóbico = a imprensa toda noticia o que a cantora…

Continue Lendo

Crash – No limite dos nossos Preconceitos

em Comportamento/Opinião/Pernambuco por

Dia desses, estive em um dos maiores shoppings aqui do Recife, daqueles que tem de quase tudo dentro: academia , agências de viagem, lojas de automóveis, joalheria, teatro, cinema e afins. Um lugar em que ser mega é sinônimo de status, gigante também foi a falta de respeito e discriminação que presenciei. Estava saindo de uma livraria e seguindo para a escada rolante no piso inferior quando percebi que um dos seguranças do shopping estava seguindo, insistentemente, três garotos que circulavam pela alameda. Os três adolescentes, obviamente, não se enquadravam no arquétipo de consumidor idealizado pelo esquadrão da burguesia. Eles…

Continue Lendo

Consciência negra e os desafios da efetivação da Igualdade Racial

em Comportamento/Opinião/Séries por

Novembro é um mês marcado por diversas atividades em torno da “Consciência Negra”. Debates acadêmicos, manifestações culturais, valorização da estética negra e a ressignificação de valores são evidenciados durante as atividades que ganham expressividade por todo país. O combate ao racismo não tem mês ou data comemorativa – aliás, pouco há para comemorar. É um combate diário num país tão desigual. O Brasil tem a cultura negra no seu DNA e ainda se apresenta como uma das nações mais intolerantes e desiguais no planeta. As manifestações de racismo tupiniquim vão desde a negligência do ensino de História da África nas…

Continue Lendo

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas