CONSCIÊNCIA COLETIVA

Tag archive

Gabriel Nascimento

Você faz parte da geração que não aprendeu a paquerar?

em Comportamento/Novidades/Opinião por

Paquerar é uma verdadeira arte, hoje, em desuso. Alegamos ser coisa de gente velha. Mas, na verdade, nossa incapacidade para tal feito não vem necessariamente daí. Paquerar exige certa maturidade para saber ouvir um não.

Continue Lendo

Entre o individual e o coletivo, caminhos para a autocrítica

em Comportamento/Opinião por

Estávamos conversando, eu e uma amiga, sobre essa coisa difícil que está sendo o período político pelo qual passamos. Eu, cá, relatava uma ida diária à universidade quando fui surpreendido por um palanque, em pleno campus, em que uma moça esbravejava com ajuda de um microfone: “A Ciência é branca! A Ciência é machista! A ciência é patriarcal!”.

Continue Lendo

Questões do tempo e esse agosto que não passa

em Comportamento/Opinião por

Chega Agosto e não sobram reclamações o para o mês que, como os outros, só estar disposto a transcorrer seu tempo neste tempo de ligeirezas e efemeridades. É verdade que ele chega no fimzinho das férias e nos pega desprevenidos de saia e shorts curtos obrigando a vida à sua labuta diária, nós que só estávamos buscando um pouco de sol e calor em meio ao inverno e à chuva.

Continue Lendo

Johnny Hooker lança “Coração” no melhor do estilo de quem canta e sofre o amor

em Música/Nossa Avaliação por

Difícil querer classificar Johnny Hooker numa categoria musical. Desde que deu início à sua carreira, ele tem transitado por diversos gêneros: cumbia, frevo, brega, pop… O rock do Candeias Rock City, sua primeira banda como vocalista, ou do Geleia Do Rock, reality show do qual foi participante em 2010 no Multishow, era pouco para um artista essencialmente movido pela emoção da sua entrega ao amor, livre de estilos e escolas.

Continue Lendo

Por que só damos valor às coisas na possibilidade da perda?

em Comportamento/Opinião por

Era uma vez um casal nem tão mais apaixonado assim. Até que chega o dia em que uma das pessoas decide ir embora sem mais nem menos, ou coberta de razões. Não importa.

Continue Lendo

Você também tem a famosa dificuldade de dizer não?

em Comportamento/Opinião por

Não costumo temer e nem negar as minhas invejas, e aqui vai uma delas: tenho profunda inveja daquelas pessoas que conseguem dizer não, de cara, de primeira. Aquela gente que expressa um não como única e verdadeira resposta ao que lhe foi solicitado. Não é exatamente aquele não à demanda do trabalho que vai tomar tempo do final de semana, nem o não à esmola pro pedinte de rua.

Continue Lendo

Você não vai encontrar alguém especial

em Comportamento/Opinião por

Como consolo, ao final de todos os relacionamentos, costuma-se ouvir: “Você vai encontrar alguém especial”, e apesar de saber que essas palavras são sempre vindas de pessoas que nos querem bem, é difícil aceitá-las como verdadeiras. Difícil não pela negação pessimista de que jamais encontraremos “aquela pessoa especial”, mas pelo pressuposto escondido por trás da frase de que até então as pessoas que passaram pela sua vida não foram especiais. Tomar a tal pressuposição como verdadeira significa negar um passado eternamente presente. Relacionamentos felizes ou sufocantes, duradouros ou rápidos, tranquilos ou instáveis nem por acaso da sorte ou azar do…

Continue Lendo

Você ama o seu companheiro ou aquilo que ele te provoca?

em Comportamento/Opinião por

Há quem ame pela camisa que o outro veste, pela popularidade, pelo corte de cabelo, pelo telefone que usa, pela cerveja que bebe. Há quem ame pela música que ela ou ele escuta, pelos filmes a que já assistiu, pelo arsenal de livros, pela listinha de séries favoritadas na Netflix, pelos lugares que frequenta, pelas pessoas que conhece, pela possibilidade de ascensão profissional.

Continue Lendo

Complexo de Pollyanna

em Comportamento/Opinião por

Pollyanna é umas personagens mais redondinhas da escritora estadunidense Eleanor H. Porter. Ela é uma criança órfã e pobre numa América do final do século XX. Sem pai, nem mãe, passa a viver sob as custódias de uma tia solteirona rigorosa e abastada.

Continue Lendo

A romântica era dos textões

em Comportamento/Opinião por

Amigos em torno de uma mesa bar pedem uma, duas garrafas de cerveja, entre uma risada e um comentário frívolo, eis que surge aquele da rodinha se achando com alta capacidade de análise e vomita um monólogo interminável em que critica a manipulação da mídia, o Golpe, a manchete que deu na Folha, a queda da bolsa de valores…

Continue Lendo

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas