CONSCIÊNCIA COLETIVA

Tag archive

Crítica

O que achamos: Em Ritmo de Fuga

em Cinema/O que achamos por

Em Ritmo de Fuga (Baby Driver) é um filme de ação com várias referências à cultura pop e com uma trilha sonora muito bem utilizada no roteiro. O filme de Edgar Wright, que também dirigiu Scot Pilgrim Contra o Mundo, em 2010, talvez seu trabalho mais famoso, oferece um entretenimento bem construído com bom elenco…

Continue Lendo

O que achamos: A Vigilante do Amanhã-Ghost In The Shell (Sem Spoilers)

em Cinema/O que achamos por

Os avanços tecnológicos e sua influência no comportamento social são temas abordados há muitas décadas em romances, filmes e séries de tv, os produtos dessa nova cultura cibernética podem não só evoluir, como adquirir uma identidade própria. Distopias como o livro Androides Sonham com Ovelhas Elétricas? de Philip K. Dick, o filme baseado nesta mesma…

Continue Lendo

O que achamos: Assasin’s Creed

em Cinema/O que achamos por

Depois de várias tentativas de adaptar jogos de vídeo-game clássicos para as telas do cinema, que resultaram em filmes ruins, temos um novo cenário com Assassin’s Creed, baseado no jogo homônimo da Ubisoft, feita em parceria com a Fox. O longa narra a jornada de Callum Lynch (Michael Fassbender), descendente de Aguilar de Nerha, um…

Continue Lendo

O que achamos: Animais Noturnos, um filme sobre a brutalidade do tempo

em Cinema/O que achamos por

Tom Ford é um um diretor bastante talentoso, particularmente gosto bastante de A single Man (Direito de Amar, aqui no Brasil). Lembro que quando vi o trailer de Animais Noturnos, fiquei bastante empolgado, parecia o tipo de narrativa que gosto, envolvente, repleta de crueldade, densa mesmo, daquelas que exige bastante. Quando deixei a sala de…

Continue Lendo

O que achamos: A Chegada

em Cinema/O que achamos por

Filmes de ficção científica parecem estar tendo um fôlego renovado nos últimos tempos, uma vez que temos um grande lançamento (pelo menos), por ano, que permitem discussões interessantes e apresentam um material bem elaborado e com produção bem esmerada. Os últimos casos que posso citar são Gravidade, de Alfonso Cuaron, em 2013 e Interstellar, de…

Continue Lendo

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas