CONSCIÊNCIA COLETIVA

Tag archive

Carlos Henrique

O falso Orgulho Hétero e a Semana de Difusão da Cultura Heterossexual

em LGBTQI/Novidades/Opinião/Política por

Dia desses, sem nenhum motivo aparente, eu fui acometido de um constante pensar sobre a apropriação que algumas pessoas heterossexuais fazem do termo ORGULHO para se dizerem orgulhosos de sua orientação sexual, na descabida tentativa de fazer algo semelhante ao que lésbicas, gays, bissexuais e transexuais fizeram ao cunhar o famigerado ORGULHO LGBT.  Movidas por dizeres como “se eles podem, nós também podemos”, elas miram nisso, mas acertam mesmo é na pagação de mico, único alvo possível em situações como essa.

Continue Lendo

Festival No Ar Coquetel Molotov (2017): Balanço Geral

em Música/Novidades/Opinião/Pernambuco por

Quem vos fala quase não foi à 14ª edição do Festival No Ar Coquetel Molotov porque só decidiu que iria mesmo um dia antes e teve a sorte de conseguir um cartão de crédito emprestado para a compra. Acontece que, como de costume, as atrações foram divulgadas aos poucos e, até certo momento, nenhuma delas tinha me atraído de modo que eu sentisse disposição para gastar meu suado dinheiro com o evento, até que ninguém mais ninguém menos que Linn da Quebrada foi anunciada e em seguida, Noporn.

Continue Lendo

O Que Achamos: Além Da Morte (2017)

em Cinema/O que achamos por

Num primeiro momento, estamos diante de um acidente de carro, e num segundo, o filme nos leva para alguns anos depois, quando Courtney (Ellen Page), uma das vítimas da fatalidade, é estudante de Medicina e está examinando uma paciente. Como de costume, a faculdade tem um hospital próprio onde os futuros médicos estagiam, e é nesse ambiente que vão sendo apresentados os outros quatro protagonistas da história: Sophia (Kiersey Clemons), Marlo (Nina Dobrev), Ray (Diego Luna) e Jamie (James Norton), que são colegas de classe.

Continue Lendo

O que achamos: Mãe! (Sem Spoilers)

em Cinema/Novidades/O que achamos por

Por mais que avaliemos positivamente esse ou aquele filme de terror e/ou suspense da atualidade, não podemos deixar de reconhecer que de um tempo para cá eles têm sido cada vez mais óbvios, previsíveis e autoexplicativos. Nesse contexto, um público que almeja ser surpreendido pode encontrar verdadeiros colírios para os olhos no terror psicológico, subgênero que incita o temor ao trabalhar com a vulnerabilidade da mente humana sujeita a situações e sensações psicologicamente desconfortáveis.

Continue Lendo

O que achamos: Feito na América

em Cinema/Novidades/O que achamos por

Dirigido por Doug Liman (Mr. & Mrs. Smith), Feito na América é mais um nome para colocarmos ao lado de produções como Escobar – Paraíso Perdido (2014), Narcos (2015 -) e Conexão Escobar (2016), não como uma história a mais sobre a já saturada figura de Pablo Escobar, mas sim como uma narrativa cujo foco é alguém que com ele se envolveu. Baseado em fatos reais, o filme conta a história de Barry Seal, um piloto de aeronaves americano que há alguns anos trabalhou como traficante de drogas para o Cartel de Medellín e como agente duplo para a CIA.

Continue Lendo

Você não saberá o que é (sobre)viver perigosamente até assistir Onde está Segunda?

em Cinema/Indicações por

No final de julho, a Netflix Brasil publicou em seu canal do YouTube um vídeo divulgando as novidades que tinha para o mês de Agosto. Quinze foram os lançamentos anunciados, e para a última sexta-feira (18) estavam agendadas as estreias da primeira temporada da série Os defensores, da Marvel, e do filme Onde está Segunda? Das duas, o boom, pelo menos até onde eu pude acompanhar nas redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter), ficou por conta da nova produção da Marvel, que, provavelmente, acabou silenciando o barulho que o longa-metragem poderia ter causado.

Continue Lendo

O que achamos: Annabelle 2

em Cinema/O que achamos por

Não posso dizer que fiquei imediatamente instigado ao saber da notícia de um segundo filme sobre Annabelle, haja vista a decepção que tive com o primeiro, o qual dirigido, produzido e escrito respectivamente por John R. Leonetti, James Wan e Gary Dauberman, veio a nós em 2014 como um spin-off de Invocação do Mal (2013). Todavia, ao assistir os trailers que a Warner Bros. Pictures Brasil liberou em seu canal do YouTube, o jogo virou e a curiosidade para assistir Annabelle 2: A Criação do Mal (2017) foi inevitável.

Continue Lendo

A concepção de ciúme como demonstração de amor

em Comportamento/Opinião por

É possível que um sentimento bonito por natureza se expresse através de algo tão ruim? Iludidas são as pessoas que concebem o sentir ciúme como demonstração de amor. Na cabeça de quem pensa assim, quanto mais forte aquele, maior este. E é com base nisso que são julgadas como frias e/ou muito tranquilas as pessoas que não entram nessa onda; tranquilidade essa encarada como um problema, apesar de ser um estado de espírito benéfico.

Continue Lendo

Prelúdios (de) Insônia

em Autoral/Devaneios por

Prelúdios Sorrateiramente você entrou no quarto mais cedo e dormiu antes de e sem mim. Deixou-me na sala sozinho assistindo àquele filme de terror de péssimo gosto que escolhemos aleatoriamente no Netflix; parecia ser bom pela sinopse. A hora do lanche da noite chegou e eu separei numa vasilha verde uns biscoitos de coco para comer enquanto tomava leite quente. Comi e bebi vendo cenas mais entediantes que a minha própria vida; pensei em abandonar o filme, mas não o fiz porque queria encorpar a crítica negativa que mentalmente estava sendo formulada na minha cabeça.

Continue Lendo

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas