CONSCIÊNCIA COLETIVA

Category archive

Política

O falso Orgulho Hétero e a Semana de Difusão da Cultura Heterossexual

em LGBTQI/Novidades/Opinião/Política por

Dia desses, sem nenhum motivo aparente, eu fui acometido de um constante pensar sobre a apropriação que algumas pessoas heterossexuais fazem do termo ORGULHO para se dizerem orgulhosos de sua orientação sexual, na descabida tentativa de fazer algo semelhante ao que lésbicas, gays, bissexuais e transexuais fizeram ao cunhar o famigerado ORGULHO LGBT.  Movidas por dizeres como “se eles podem, nós também podemos”, elas miram nisso, mas acertam mesmo é na pagação de mico, único alvo possível em situações como essa.

Continue Lendo

Quem é Manuela D’ávila?

em Novidades/Opinião/Política por

Nossa política tem novidades quase que diariamente, uma enxurrada de péssimas notícias; seja um delatado, uma nem tão nova denúncia, uma nova mala de dinheiro, um paraíso fiscal, mas, como um sopro de esperança surge uma notícia positiva: a indicação de Manuela D’ávila do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) à corrida presidencial de 2018. Mas quem é Manuela D’ávila?

Continue Lendo

Sintomas do messianismo político e do lulismo

em Opinião/Política por

Tomo como pressuposto antes de desenvolver o argumento que: Lula chegou ao poder com os movimentos sociais e depois firmou apoio com a elite brasileira (Carta aos brasileiros), fez reformas contra trabalhadores , que milhões de pessoas saíram da miséria e que houve mudanças sociais significativas, principalmente no nordeste.

Continue Lendo

A cápsula do tempo e o sentido de legado

em Opinião/Política por

Numa fábrica de cimento na Sibéria, em pleno 2017, foi desenterrada uma ‘cápsula do tempo’ contendo uma mensagem de operários que viveram há meio século. “Passarão anos e vocês, a geração de 2017, substituirão os veteranos da Revolução. Pedimos que cumpram com o legado leninista e fazê-lo tornar-se realidade junto com as gerações maiores”, palavras dos operários no conteúdo da cápsula revelam motivação e desejo em se manter vivo o legado comunista do líder da revolução bolchevique Vladimir Lenin.

Continue Lendo

O carnaval e o que esconde a hashtag #PernambucoPedeSocorro

em Opinião/Pernambuco/Política por

Com a chegada do carnaval, a insegurança e a violência são os principais temas presentes nas redes sociais. Aqui em Pernambuco não se fala em outra coisa. As palavras do momento são: arrastão, tiroteio, assalto e explosão. Todos os dias acompanhamos de perto as notícias e os vídeos repletos de violência gravados pela população. Até no galo da madrugada grafitado tentaram tocar fogo, a situação não está mesmo nada fácil.

Continue Lendo

Noblat, Roda Viva e Temer: Jornalismo à Chá da Tarde

em Opinião/Política por

O jornalismo tem como função promover o desenvolvimento da cidadania através da boa informação. É dele o dever de desmistificar aspectos que possam permear qualquer assunto de interesse social. Ou seja, aquilo que tem importância para a vida das pessoas. Infelizmente, o programa Roda Viva com o Presidente Michel Temer, exibido no último dia 14 de novembro, não cumpriu bem essa missão. Mais pareceu, ao misturar assuntos importantes e questões pessoais, um chá informal de fim de tarde. Demorei um pouco para fazer esse texto por querer fugir da análise com viés de emoção política. Qualquer crítica precisa ser feita…

Continue Lendo

A atual música brasileira e sua cegueira político-social

em Música/Opinião/Política por

Nos versos da música “Alegria, Alegria” cantados e entoados por décadas na voz de Caetano Veloso, o compositor falava dos tempos difíceis e massacrantes do período de repressão da ditadura civil militar que condenou o Brasil durante 21 anos, vitimando milhares de pessoas. Apesar de intitulada “Alegria, Alegria”, sua letra e sentido lírico não denotam em nada momentos de felicidade e satisfação. Caetano magistralmente buscou apresentar toda sua revolta e dor com o cenário político-social da época. Falou através da música, pois era uma das únicas formas que existia para expressar sua opinião sem ser censurado e, consequentemente, preso, torturado…

Continue Lendo

A arte como espaço de afecção e de contestação

em Comportamento/Opinião/Pernambuco/Política por

Uma nota sobre a ocupação do Centro de Artes e Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco NÃOMEV ENDONÃ OSEVEN DANÃOS EVENDE Augusto de Campos Vende: flexão de dois verbos – vendar e vender – estes que ocupam, no caos operado por parte da mídia e pelo governo, uma atuação forte e quase invisível. A grande mídia venda, o governo – ilegítimo em sua gênese – vende. A quem não queira estar ao lado de um e do outro e toma o (não) verso concreto como uma força imperativa: não se vende. Não feche os olhos para o momento que passamos,…

Continue Lendo

Ocupar é também ressignificar

em Comportamento/Opinião/Política por

Nos últimos dias o movimento de ocupação chegou às universidades e aos institutos federais aqui de Recife, trazendo com ele uma série de debates calorosos nas redes sociais. De um lado da linha imaginária, os ocupantes e toda aquela energia necessária para que as coisas não permaneçam como estão, do outro, uma galera que defende abertamente a permanência das aulas, utilizando bastante frases como: vão trabalhar bando de desocupados(as). Primeiro, a existência desse projeto (PEC 241, agora PEC 55) não está no campo das suposições, ele existe, no momento está tramitando e deve ser votado pelo senado em breve. Segundo,…

Continue Lendo

As Revoluções egoístas e a força do ego

em Opinião/Política por

Desde junho de 2013 o Brasil vive uma onda de protestos bem diferentes dos vistos em anos e décadas anteriores. Com a popularização da internet e o uso massivo de redes sociais, manifestações são convocadas a cada momento e a adesão se torna cada vez maior e mais plural. Chegamos a ser comparados com movimentos como “Occupy Wall Street” (EUA) e “Primavera Árabe” (Oriente Médio e Norte da África). Sem que ninguém esperasse e, acima de tudo, sem o apoio da mídia de massa e também com o repúdio dos manifestantes em relação a essa mesma mídia, canais alternativos foram…

Continue Lendo

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas