CONSCIÊNCIA COLETIVA

Author

Priscila Melo

Priscila Melo has 9 articles published.

Estudante de letras, faz cupcakes maravilhosos e é viciada em séries.

O que Achamos: Meu Malvado Favorito 3

em Cinema/O que achamos por

Se você estava sentindo falta, finalmente Gru e seus Minions estão de volta aos cinemas com o divertido Meu Malvado Favorito 3. O filme garante um entretenimento bem dosado, nos entrega um ótimo vilão e consegue fazer uma critica a si mesmo com muito humor. 

Continue Lendo

O que achamos : Tudo e Todas as Coisas

em Cinema/O que achamos por

Seguindo uma tendência, não tão nova assim, das histórias de amor que encontram na doença sua grande barreira, o segundo longa dirigido por  Stella Meghie (Jean of the Joneses)  não traz nada de inovador na sua abordagem, mas conta com o carisma para emocionar a plateia.

Continue Lendo

O que achamos: Paixão Obsessiva

em Cinema/O que achamos por

Paixão Obsessiva (Unforgettable, 2017) é um filme dirigido, escrito e estrelado por mulheres, mas não para mulheres. A maneira superficial de tratar assuntos sérios como a obsessão e as patologias da mente fazem com que esse seja um filme covarde e sem significado para o espectador.

Continue Lendo

O que achamos: Beleza Oculta (e a importância de falar sobre a morte)

em Cinema/O que achamos por

Beleza oculta conta a tragetória de Howard (Will Smith) em sua busca pela “normalidade funcional” após uma grande tragédia. Howard escreve cartas para o universo, mas precisamente para a Morte, o Tempo e o Amor. Seus amigos e sócios, em uma grande agencia de publicidade, resolvem intervir e ajudá-lo nessa recuperação. O filme conta com um elenco de peso: Will Smith, Kate Winslet, Helen Mirren e Edward Norton. Mas o filme teve uma estreia modesta, nos Estados Unidos, arrecadou apenas 7 milhões de dólares, em sua semana de estreia. Números baixos para um filme que além, do elenco Blockbuster, ainda leva o nome…

Continue Lendo

Sing – Quem canta seus males espanta e a eterna busca pela realização dos sonhos

em Cinema/O que achamos por

Sing é uma deliciosa brincadeira que nos convida o tempo todo a embarcar na jornada dos seus heróis. Dirigido e roteirizado por Garth Jennings, conhecido por Todo Mundo Quase Morto e O Guia do Mochileiro das Galáxias. O filme conta a história do Coala Buster e da sua paixão pelo teatro desde muito cedo, o sonho de ter um teatro vira um pesadelo quando o produtor musical não consegue mais pagar as contas e está prestes a perder o seu Teatro. Uma ideia brilhante o acomete, fazer um concurso com pessoas comuns e a confusão começa quando a sua secretária,…

Continue Lendo

Vivendo em Suspensão

em Comportamento/Opinião por

Quem aqui nunca traçou um plano pra o futuro e passou a esperar esse se concretizar pra começar a viver? Quando tiver mais tempo faço isso, ou quando tiver dinheiro vou naquele restaurante que eu curto, quando perder mais 3 quilos vou aceitar o convite pra a casa de praia da Helena. Estou em processo de mudança, psicológica, já que na prática não encaxotei nem meus sapatos, mas estou nesse momento de suspensão, esperando a nova vida começar pra viver. Não faço mais feira para a casa em que estou porque estou de mudança, vocês acreditam nisso? Uma vez ouvi…

Continue Lendo

O que achamos: A Garota no Trem

em Cinema/O que achamos por

A Garota no Trem (The Girl on The Train) é um sucesso literário de Paula Howkins, a sua adaptação tinha a enorme responsabilidade de atrair aqueles que nunca leram a obra e superar as expectativas de quem já era fã da narrativa. O longa dirigido por Tate Taylor (Histórias Cruzadas) se destaca por trazer performances sólidas e um roteiro, que apesar de pequenos deslizes, cumpre o que promete. A trama, repleta de reviravoltas e flashbacks, acompanha a divorciada Rachel (Emily Blunt) que tem problemas com o alcoolismo e constantemente pega o trem de Nova York, indo para Connecticut e voltando. Ela carrega a frustração…

Continue Lendo

O que achamos: Kubo e as Cordas Mágicas

em Cinema/O que achamos por

Kubo e as Cordas Mágicas (Kubo and The Two Strings), é um presente para a criança que existe em cada um de nós. Caminha na linha tênue entre o simples e o espetacular, nos deixando completamente imersas em uma trama que aborda questões profundas como: relação familiar, autodescoberta, amor e a compreensão sobre o que você nasceu pra ser e o que te levará até lá. O longa coloca os estúdios Laika, responsável pelos filmes Coraline e o Mundo Secreto, ParaNorman e Os Boxtroll, entre os grandes estúdios de animação da atualidade. É dirigido por Travis Knight e conta a…

Continue Lendo

O que achamos: O Bebê de Bridget Jones

em Cinema/O que achamos por

O filme O Bebê de Bridget Jones não tenta reinventar a roda, é um filme simples e apresenta uma coerência impressionante para uma sequência que esperou 12 anos para ser lançada. No distante ano de 2001 o público conheceria e se apaixonaria perdidamente por uma Londrina desastrada e cheia de inquietações. O Diário de Bridget Jones (Bridget Jones’s Diary), baseado no best-seller de Helen Fielding, encantou plateias do mundo todo e se tornou um sucesso instantâneo de público e crítica. A sua continuação Bridget Jones no Limite da Razão (Bridget Jones: The Edge of Reason) foi lançada em 2004 e…

Continue Lendo

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas