CONSCIÊNCIA COLETIVA

Author

Gabriel Nascimento - page 2

Gabriel Nascimento has 18 articles published.

Curioso, falante, recifense-bairrista-caricatural. Foi Macunaíma quem gritou à posteridade um dos meus maiores segredos: ai, que preguiça!

A romântica era dos textões

em Comportamento/Opinião por

Amigos em torno de uma mesa bar pedem uma, duas garrafas de cerveja, entre uma risada e um comentário frívolo, eis que surge aquele da rodinha se achando com alta capacidade de análise e vomita um monólogo interminável em que critica a manipulação da mídia, o Golpe, a manchete que deu na Folha, a queda…

Continue Lendo

A uma mulher

em Autoral/Devaneios por

Estava subindo no ônibus quando ouvi uma senhora falando em bom tom com um senhor que estava ao seu lado. Ele não estava muito interessado em ouvi-la, e como ela notou que eu estava a observando, dirigiu-se a mim e continuou sua queixa:

Continue Lendo

Homenagem: Caetano, nossas viagens

em Homenagem/Música por

Caetano Veloso é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores artistas brasileiros. Dono de uma personalidade por vezes “controversa” (o que, aliás, apenas reforça a grandeza da sua genialidade), sua obra, no entanto, permanece uníssona, de composições estéticas sofisticadas de rara beleza, sob boas doses de engajo político (“Podres poderes”, “Haiti”), comicidade e irreverência (“Não…

Continue Lendo

Síndrome da falsa superioridade

em Comportamento/Opinião por

Lembro-me de ter ouvido essa expressão há muito tempo da boca de um psicanalista, o Francisco Dault, em um artigo que ele escrevia para um jornal. O termo, por algumas razões, ficou gravado em minha memória e sempre me remeto a ele na tentativa de re(conhecer) naqueles que me rodeiam traços dessa espécime muito particular…

Continue Lendo

Foi bom pra você?

em Autoral/Comportamento/Crônicas por

Quem nunca, após uma transa, ouviu a derradeira frase? “E aí, foi bom pra você?” Quem nunca ouviu, muito provavelmente, jamais teve o dissabor de uma noite (uma tarde, uma manhã…) de sexo meia-boca, anti-prazeroso, en passant. Broxante. Para ser mais preciso. Aquele em que o beijo parece não funcionar, o toque não é mesmo,…

Continue Lendo

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas