CONSCIÊNCIA COLETIVA

Tutorial para o folião que vai pular carnaval em Recife e Olinda

em Novidades/Opinião/Pernambuco por

Virou o ano, é decretado o verão e começam as férias. Mas se você é um cidadão da Região Metropolitana do Recife (RMR), esse é o momento das prévias de carnaval, tempo de fazer umas comprinhas no Bairro de São José e procurar uma boa costureira para fazer uma fantasia ou um figurino lúdico. Para te ajudar no momento mais importante do ano, enquanto ele não chega, o @anallógicos fez esse tutorial básico do folião recifense/olindense com dicas de para onde ir, o que vestir e cuidados que devem ser tomados.

DRESS CODE


Fantasia
: há alguns anos o carnaval é feito de Frida Kahlos, ano passado os unicórnios e as sereias entraram nessa receita; são fantasias batidas, mas é carnaval, viva a democracia! A aposta desse ano são as mulheres maravilhas, biquínes de fita bem malandras e pessoas vestidas de Pabllo Vittar grintando “YUKÊÊÊ”. Lembrando que não importa a fantasia, o importante é brincar e se sentir confortável, então é bom evitar roupas quentes para enfrentar o calor humano e o do clima.

Brusinhas e shortinhos: quanto mais curto melhor, pois a vida se torna mais confortável, afinal você vai ficar encharcado de suor e de água, então quanto menor o figurino, menos peso você carrega. Opte por roupas de algodão. De preferência use roupas estampadas para ser mais lúdico, florais e chitas nunca saem de moda.

Calçados: nem sempre o tênis irá combinar com sua fantasia ou figurino, mas é a melhor pedida. Use aquele tênis mais velhinho, pois estará mais amaciado. E lembre-se de usar meia para não machucar o pé e nem ficar com chulé, opte por meias de cano alto (de preferência estampada) ou as meias invisíveis, que diferente das soquetes, não aparecem. Evite sandálias e chinelos, elas podem quebrar e seu pé levará vários pisões. Mas se você detesta tênis, dê preferência às sandálias e sapatilhas de plásticos que fiquem presas ao pé.

Acessórios: as pochetes voltam em 2018, porém é importante lembrar do risco que é carregar todos os pertences em um único lugar e de bastante visibilidade, pois se levarem sua pochete você perderá tudo. Abuse dos acessórios de cabeça, tanto tiaras (mais um ano de coroas de flores?), como chapéus. Chapéu de palha e estilo mangueboy nunca saem de moda, quanto maior o chapéu melhor, pois te protege do sol e fica mais criativo. Evite bolsas e mochilas, a não ser que sejam as térmicas para carregar bebidas. Carregue seu copo, de preferência preso na cordinha para não o perder, afinal a gente nunca sabe quando alguém vai nos oferecer bebidas e é importante estar sempre preparado. Evite copos descartáveis, quebram fácil e poluem.

GLITTER

Realce, quanto mais purpurina melhor! Essa é a hora de jogar tanta purpurina no corpo que você encontrará vestígios dela até o São João. Você pode fixar o glitter no corpo com o protetor solar, mas conforme o protetor for saindo do corpo, o glitter vai junto. Você pode fixá-lo também com cola bastão não tóxica, evitando a região dos olhos tanto do glitter como da cola. A durabilidade da cola é melhor, porém menos indicada. O glitter é bastante poluente, se você tem peso na consciência indico usar o glitter comestível usado em confeitaria ou a maquiagem com glitter.

BEBIDAS

O clássico 3 latões a R$ 10 de cerveja permanece, lembre-se de limpar a latinha antes de beber para evitar dores de barriga, pois banheiro no carnaval é um problema. Não peça aquele gelo escamado ao abulante para esfriar sua bebida, aquele gelo é salgado e impróprio para o consumo. A Catuaba volta mais forte esse carnaval, recomendo levar a sua já de casa. Você pode levar sua própria bebida para o carnaval, faça uma batida ou suco gummy e se jogue na folia com sua garrafinha. Não podemos deixar de comentar da bebida oficial do carnaval de Olinda, o delicioso Axé. Lembrando de beber com moderação, afinal ninguém merece dar PT (perda total), acabando com seu carnaval e prejudicando o carnaval do amiguinho que irá te carregar.

HIT E DANCINHA 

Ainda está muito cedo para prever qual será o hit e dancinha do carnaval, Troinha ainda não lançou nenhuma música em 2018 e com certeza algum funkeiro paulista vai lançar um hit daqui a pouco. Mas o nosso frevo nunca sai de moda, vale a pena assistir uns tutoriais de frevo para mexer bem o corpo.

SEGURANÇA

Os focos de folia são os lugares mais seguros, há sempre muito policiamento. Você deve ter mais cuidado no deslocamento, pois é onde os assaltos acontecem. Por isso ande sempre na companhia dos amigos para evitar assaltos e abusos. Mais indicado que o uso da pochete para portar seus pertences, é o uso da doleira, a qual você põe seus pertences e a esconde por dentro da roupa. Evite portar celular, afinal no carnaval o sinal nem pega direito, ou leve aquele velho celular do ladrão. Marque sempre um ponto para que se você e seus amigos se perderem possam se encontrar lá depois.

Os horários de maior perigo são à noite. Em Olinda quando a noite cai, os arrastões acontecem. Voltar de Recife de madrugada pegando um bacurau no Caís de Santa Rita é um risco iminente de arrastões e assaltos, se não tem como voltar de táxi e Uber, volte de manhã.

CUIDADO COM O CORPO

Seu corpo é seu templo, lembrando que você tem de sexta até quarta para manter seu templo em pé, então tome conta dele. O calor tá de matar e, consequentemente, o sol também, por isso não esqueça do protetor solar e ao final do dia tome um banho de hidratante para não descascar.

Acho que não preciso comentar que você deve se hidratar, beba água antes de cair na folia e depois, sem esquecer de beber durante, enquanto bebe, pois o álcool libera a água do seu corpo pela urina. A prefeitura distribui camisinha de graça e é super fácil encontrar, não deixe de pegar ao menos uma, pois o carnaval é uma caixinha de surpresas. É fácil também encontrar postos para fazer teste de HIV na hora, não perca a oportunidade.

PRÉVIAS

Antes de chegar o derradeiro momento, a gente tem o aquecimento chamando prévias. Separamos as prévias mais legais para você entrar no clima enquanto o carnaval não chega.

13/01 – Aniversário do Ceroula de Olinda, Clube Atlântico de Olinda.

Mais um clássico.

19/01 – Cortejo do Boi da Macuca, Casbah, Olinda.

Atrás do boizinho só não vai quem já morreu.

20/01 – Eu Me Vingo de Tu no Carnaval, Mamede Simões, Recife.

Carnaval é tempo de vingança, vem para essa festa tomar shake de amor e pôr o nome das inimigas na boca do sapo.

20/01 – Guaiamum Treloso, Aldeia.

Eu diria que é um festival de música, o Coachella de Pernambuco. Mas como cai em janeiro, é prévia.

26/01 – Enquanto Isso na Sala da Justiça, Centro de Convenções.

Aquele momento para ousar na criatividade e arrasar na fantasia.

27/01 – Trote do Elefante, Praça Laura Nigro, Olinda.

Não tenho informações, quem for me conta!

27/01 – Amantes de Glória, Boa Vista, Recife.

Essa prévia você nunca sabe se o bloco saiu ou não, pois é um mundaréu de gente. Mas quando você consegue acompanhar o bloco descobre ruas na Boa Vista nunca antes exploradas.

28/01 – Eu Acho é Pouco, Praça Laura Nigro, Olinda.

Uma orquestra de frevo e uma bateria de samba, o ritmo não pára e ainda rola um delicioso banho de mangueira para refrescar.

Esperamos ter ajudado nas dicas, o @anallógicos deseja um feliz carnaval com muita segurança, responsabilidade e glitter. Se jogue, porque se a turma não saísse não havia carnaval!

Arte de Capa: Coletivo Vacilante.
Image © Fred Jordão / Divulgação

João Gusmão é formado em Letras pela UFPE, é professor, corretor e freelancer. Escreve sobre música e comportamento, apreciador de música brasileira e literatura contemporânea. Publica mensalmente no dia 8, save the date | Para segui-lo no Facebook: /joaoagusmao

Último post de Novidades

Descubra-se gamer

Não queria dizer que esse texto é exclusivamente pra quem (ainda) não
Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas