CONSCIÊNCIA COLETIVA

Listamos algumas séries de época que você não pode deixar de conferir

em Novidades/Séries/TV e Séries por

Quem me conhece sabe o quanto eu amo séries de época e o quão órfã eu fico quando uma boa série de época acaba (ainda não me recuperei totalmente do fim de Dawnton Abbey). Amo a ambientação, os figurinos, e até o jeitinho específico de falar dos personagens desse tipo de série.

Pensando nisso fiz uma lista com minhas séries de época favoritas, mas como ela ficou gigante, dividiremos em duas partes, aguardem!!!

1) Downton Abbey

Quando se pensa em série de época a primeira que vem na cabeça de muita gente é Downton Abbey, mas se você é desses que começou nesse mundo agora (provavelmente com The Crown rs), pode assistir que não vai se arrepender! É minha série de época favorita e desde então sigo na busca de uma que supra a falta que essa série me faz (posso até dizer que encontrei, e ela tá lá no fim da lista rs).

Downton Abbey é uma série britânica que mostra a vida dos Crawley, uma família inglesa aristocrática, e dos seus criados, abarcando uma janela temporal de 1912 até o Natal de 1925. A série começa com o naufrágio do Titanic, no qual morre o herdeiro da propriedade. A partir daí, na busca por quem seria a próxima pessoa na linha dos herdeiros, e com as naturais mudanças sociais, a série registra toda uma transformação de uma família aristocrática vivendo no declínio desse sistema.

São 6 temporadas maravilhosas, em sua maioria com 8 episódios e um especial de Natal sempre lindo e icônico! Se você vai começar nesse mundo agora, Downton Abbey merece ser sua primeira!

2) The Crown

The Crown, série original Netflix, tem atraído muita gente que antes não tinha costume de ver séries de época. E não é pra menos! Além de ser aclamada pela crítica, The Crown tem o dom de criar cenas incrivelmente tensas e pesadas com pouquíssimo diálogo e aparentemente sem esforço algum.

A série, que estreou a segunda temporada em 2017, narra com uma elogiada precisão histórica os acontecimentos do reinado da Rainha Elizabeth II, focando também a dinâmica intrafamiliar, o que dá um toque de “Betinha, gente como a gente”.

Sendo o drama mais caro já produzido pela Netflix, a ideia é traçar a vida da Rainha Elizabeth II, passando pela sua infância, mas focando no período do seu casamento em 1947 até os dias atuais, já que a previsão é de que sejamos presenteados com 60 episódios no total!!!

3) Mildred Pierce

Posso dizer que Mildred Pierce foi a série (no caso, minissérie) responsável por me fazer cair de cabeça nesse mundo de séries de época. Essa minissérie de 2011 tem apenas cinco episódios estrelados por Kate Winslet e narra a saga que é a vida de Mildred Pierce, uma mãe divorciada em plena década de 30, na Grande Depressão dos EUA, que demonstra uma força interior inquebrantável para superar as dificuldades da vida, desde o divórcio, a criação sozinha de duas filhas, a pobreza e muitos outros problemas capaz de quebrar qualquer espírito.

4) The Paradise

Série da BBC com (infelizmente) só duas temporadas, The Paradise conta a história de Denise, uma jovem que vai viver com o tio após a morte de seu pai, na Inglaterra de 1870. Lá, ela consegue um emprego na loja de departamentos “The Paradise” que é gerenciada pelo visionário John Moray. A série é, na verdade, uma adaptação da novela “O paraíso das Damas”, de Émile Zola e me ganhou no fim do primeiro episódio quando Denise declara “eu não quero casar com o Moray, eu quero ser ele”. E daí a gente já pode esperar várias atitudes da protagonista que esbarra nas barreiras sociais da época, se mostrando um talento nato para vendas.

5) Mr Selfridge

Seguindo na linha das lojas de departamentos, Mr. Selfridge narra a história por trás da loja de departamentos Selfridge & Co, na Londres de 1908 até 1928, contemplando a vida de Harry Gordon Selfridge, idealizador, gerente e dono da loja, um americano que vai para a Inglaterra buscando revolucionar a forma como os ingleses até então faziam suas compras.

A série possui quatro temporadas e aborda diversos temas, já que também se volta para a vida dos funcionários da loja.É uma série muito gostosa de assistir, pois o espírito visionário de Mr. Selfridge contagia a todos, mas até onde essa constante quebra de limites pode levar um homem?

Baseada na biografia real de Harry Gordon Selfridge, vemos da ascensão à queda de um dos maiores magnatas da história do varejo.

6) Call the Midwife

Call the Midwife é, sem sombra de dúvidas, minha série de época favorita desde Downton Abbey e uma das minhas séries favoritas de todas da vida!

A série é inspirada nas memórias de Jennifer Worth (1935-2011) sobre sua vida de enfermeira e parteira numa comunidade pobre da Inglaterra na década de 50. A série gira principalmente em torno do sistema gratuito de saúde da região e dos problemas que envolvem a mulher da época – muitos ainda bem atuais.

Amo tanto Call the Midwife que já fiz um post só sobre ela, confira aqui.

Logo logo estaremos disponibilizando a parte 2 dessa lista.

Abraço.

Dany é formada em Letras. Escreve principalmente sobre séries. É apaixonada por literatura e boa comida. Publica mensalmente dia 13, save the date | Para segui-la no twitter ou no Instagram: @teofaga

  • Felipe Dionísio

    Adorei essa primeira parte, já vi 3 das citadas, na espera da parte 2.

Último post de Novidades

Descubra-se gamer

Não queria dizer que esse texto é exclusivamente pra quem (ainda) não
Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas