CONSCIÊNCIA COLETIVA

Conheça a música da nigeriana Yemi Alade

em Dicas/Música/Novidades por

A nigeriana Yemi Alade é um dos nomes mais fortes do afropop, um movimento que – apesar de usar elementos da pop music americana – preserva elementos importantes da cultura local, principalmente no que diz respeito às temáticas abordadas. Com a tropical house, que utiliza instrumentos africanos e o dancehall, que é um estilo puramente jamaicano invadido as paradas de sucesso e também com uma série de artistas gringos lucrando muito com isso;  nada melhor que alterar a perspectiva e vislumbrar como esses estilos são trabalhados a partir do olhar africano.

Yemi nasceu em 1989 e ficou famosa quando venceu no ano de 2009 o Peak Talent Show, competição musical que ocorre na Nigéria anualmente. Logo em seguida o hit “Johnny” invadiu as paradas e alguns anos depois Mama Africa, seu disco (excelente) mais recente, foi lançado. A cantora sempre deixa claro quais são as suas referências, que vão desde outras cantoras nigerianas até artistas como Mary J. Blige. Além da produção e dos arranjos, que são muito bons, Yemi sempre adiciona nas músicas e nos clipes algumas temáticas importantes, que dizem respeito ao papel da mulher na sociedade nigeriana. Em Johnny, o tema é liberdade e empoderamento, enquanto o clipe da mais recente Tumbum  fala sobre traição e quebra um paradigma importante, tirando a mulher do posto de culpada quando se envolve com um homem comprometido.

Capa de Mama Africa

Apesar da nossa falta de costume, da nossa fixação pelo mercado americano e da consequente falta de investimento nesse tipo de artista, algumas barreiras já começam a ser transpostas. Os hits da Yemi aos poucos conquistam público em outros países. Abaixo deixo duas apresentações de grupos de dança, uma em Paris e outra coreografada por Petit Afro, que utilizam sequencialmente Johnny e Tumbum como trilha.

Yemi acaba de lançar seu segundo disco, Black Magic e está com uma música estourada na Nigéria, chamada Go Down.

Ela também participou do projeto #makethefuture, que discute sobre inovação e sustentabilidade. A música On Top Of The Word contou também com a participação de Jennifer Hudson, Luan Santana, Pixie Lott e Monali Thakur.

Ps: Os discos  Mama Africa, Black Magic e outros singles da artista estão disponíveis no Spotify, é só clicar aqui.

Raphael é professor, formado em Ciências Econômicas, Letras e atualmente se dedica ao mestrado em Educação. Escreve sobre música, comportamento e cinema. É apaixonado por Twin Peaks, playlists e quase sempre pelos amigos | Para segui-lo no Twitter: @RaphaelAlves

Último post de Dicas

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas