CONSCIÊNCIA COLETIVA

O que Achamos: Meu Malvado Favorito 3

em Cinema/O que achamos por

Review

Nota de Priscila
6/10
Média
6.0/10

Se você estava sentindo falta, finalmente Gru e seus Minions estão de volta aos cinemas com o divertido Meu Malvado Favorito 3. O filme garante um entretenimento bem dosado, nos entrega um ótimo vilão e consegue fazer uma critica a si mesmo com muito humor. 

Nesse terceiro longa todas as fórmulas que fizeram dessa uma das maiores franquias da atualidade, ultrapassando a marca de 2 bilhões de dólares, estão de volta. Gru precisa lidar com a descoberta de um irmão gêmeo que quer aprender os segredos da vilania, e para isso precisa lidar com as dificuldades da vida pessoal, ao mesmo tempo em que enfrenta Balthazar Bratt, um ex astro mirim da TV quer ficou obcecado pelo seu personagem e vive “preso” aos anos 80.

Gru e seu irmão gêmeo

Apesar da boa premissa, o filme acaba apresentando alguns sinais de esgotamento criativo escolhe não trabalhar questões que poderiam ampliar o impacto da franquia, como por exemplo, Gru tentando um relacionamento com seu gêmeo Drew ou Lucy tentando se adequar ao papel de mãe. O maior ponto positivo acaba sendo Bratt, o melhor vilão da franquia, de longe. Bem construído, cheio de referencias à cultura pop dos anos 80 e ainda conta com a ótima dublagem de Otávio Mesquita.

Permeado por uma trilha sonora que traz Madonna, Michael Jackson, A-ha e outros, o filme consegue divertir e vale a ida ao cinema.

Último post de Cinema

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas