CONSCIÊNCIA COLETIVA

O que achamos : Tudo e Todas as Coisas

em Cinema/O que achamos por

Review

Nota de Priscila
6/10
Média
6.0/10

Seguindo uma tendência, não tão nova assim, das histórias de amor que encontram na doença sua grande barreira, o segundo longa dirigido por  Stella Meghie (Jean of the Joneses)  não traz nada de inovador na sua abordagem, mas conta com o carisma para emocionar a plateia.

Baseado no romance de Nicola Yoon, o filme narra a história de Maddie (Amandla Stenberg, de “Jogos Vorazes”), a garota de dezoito anos que nunca saiu de casa por causa de uma doença rara que afeta o sistema imunológico. Ela convive apenas com sua mãe, Pauline (Anika Noni Rose, de “Dreamgirls – Em Busca de um Sonho”), que é também sua médica, e sua enfermeira Carla (Ana de la Reguera, de “Jessabelle – O Passado Nunca Morre”). Maddie tem à disposição livros, internet e uma e uma mente imaginativa. Sua rotina muda com a chegada de novos vizinhos, em especial Olly (Nick Robinson, de “Jurassic World”).

Trailer 

A exagerada necessidade do filme em manter um tom mais leve faz com que em vários momentos tudo pareça superficial. Os protagonistas estão bem e demonstram talento, mas o roteiro pouco exige das suas capacidades de atuação. A preocupação com o protagonismo feminino é um diferencial positivo, só erra um pouco a mão quando evita trabalhar alguns aspectos  do personagem de Nick, o que nos faz ter um envolvimento bem próximo com os problemas e as motivações de Maddie, enquanto Olly não consegue conquistar a empatia com o público.

O filme usa a paleta de cores das roupas de Maddie para mostrar a evolução da personagem, que tem uma vida séptica, branca e esterilizada e passa a adicionar cores conforme a personagem evolui. As cenas românticas recebem atenção e o  o filme propõe é cuidadoso ao retratar a fragilidade e beleza da relação entre dois jovens. Apesar da fórmula conhecida do grande público,  o filme consegue surpreender e para algumas pessoas vai parecer tocante e emotivo.

O filme chega aos cinemas do Brasil no dia 15 de junho e ainda é uma boa pedida para o dia dos namorados.

Cartaz Oficial no Brasil

Último post de Cinema

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas