CONSCIÊNCIA COLETIVA

As 45 músicas internacionais mais legais de 2016 (parte 1)

em Dicas/Música por

Finalmente a lista com as 45 músicas inesquecíveis de 2016 está pronta (+ um bônus de 5). Esse ano elevamos o número, ficou impossível selecionar apenas 35 (como no ano passado). Serão 45 + 5 menções honrosas que não podiam ficar de fora.


Acesse no spotify a lista com as 35 músicas mais legais de 2015

Muita coisa legal ficou de fora, tentei colocar com carinho aquelas que ficaram o ano inteiro nas minhas playlists.
Começamos, como de costume, com as últimas posições e vamos subindo. Até sexta a lista completa estará disponível, serão 3 partes postadas separadamente. Fiquem atentos(as).

Lido – Crazy


Lido é um norueguês de 24 anos, que produz suas próprias músicas e agora assina também os seus vídeos. Crazy é uma música potente, que seria um hit nas mãos de um artista mais conhecido. O clipe é, sem dúvida, um dos melhores do ano, apesar de contar apenas com 265 mil de visualizações.


49 – Norah Jones – Carry On

Mesmo longe das paradas, Norah é uma artista que não pode deixar de ser ouvida. Essa balada, pouco conhecida, é um primor. Leve, nostálgica e otimista,  Carry On é sobre cuidar do outro, sobre cuidar da gente.


48 – Cut Slack – This isn’t about U (feat. Da Chick)

Cut Slack é um produtor português que, na minha opinião,  é no mínimo um dj de primeira. Com batidas que soam disco, sem medo, ele foi contratado pela universal e  lançou um disco chamado Lovers on the line, que conta com várias participações especiais. This isn’t about U é uma delícia, feita mais que especialmente para as pistas de dança e ainda conta com o vocal de Da Chick, uma artista que todo mundo precisa ouvir. É para sair cantando na rua mesmo.


47 – Keke Palmer – Hands Free

Esse ano tive a impressão que foi o ano mesmo das cantoras negras e isso é maravilhoso. Keke é uma aposta para 2017, apesar das comparações inevitáveis com Rihanna. Hands Free pra mim é a música pra dançar que tantos sentiram falta no Anti. O clipe, com esse carão sensacional, vocês podem conferir abaixo.


 46 – Boys Noize – Starchild (feat.POLIÇA)

Boys Noize é outro produtor de talento. Nascido na Alemanha, com seus 34 anos, ele lançou essa música repleta de batidas e sintetizadores, com o vocal da banda de indie/rock de Minneapolis, POLIÇA. A voz da Channy Leaneagh vai lembrar muito a da Florence. Confira!


45 – Tove Lo – Cool Girl

Se as cantoras pop de maior sucesso não conseguiram nos presentear com grandes hits esse ano, artistas como Tove Lo, sem nenhuma pressão, lançaram discos excelentes. Cool Girl é uma música despretensiosa, chiclete dos bons, feita para as pistas.


 44 – Raye – Shhh

Essa é uma artista londrina que talvez venha a ganhar o estrelato. Também comparada com Rihanna, ela vem lançando Eps bem bacanas, com batidas diversificadas, que flertam com o R&B americano, mas sempre com aquele toque Inglês. É uma performance bem potente.


43 – GoldLink – Fall in love (feat. Ciscero)

D’Anthony Carlos é um rapper americano conhecido como GoldLink. Ele lançou uma mixtape em 2014, tão boa, que deixou todo mundo bastante animado. Em Fall in love, parceria com Ciscero,  ele fala sobre essa coisa de ficar apaixonado e mistura uma batida bem classuda com um refrão que não vai sair da sua cabeça.


 42 – Wild Beastes – Get My Bang

Banda inglesa formada em 2012, que mistura indie com rock e no final acaba saindo essa coisa meio eletro. Eu gostei muito do disco que lançaram esse ano, chamado Boy King. Get My Bang começa animada, vai ficando mais densa e recupera o groove no fim (os 20 segundos finais <3). Outra coisa que fez essa música crescer: o vídeo clipe, gosto da coreografia e da roupagem.


41 – Let’s Eat Grandma – Deep Six Texbook

Rosa Walton e Jenny Hollingworth o grupo musical inglês, Let’s Eat Grandma,  formado em 2013. As meninas são muito talentosas e essa música foi trilha do meu ano quase todo. Acho que esse som gera um introspeção boa, poética, especial de verdade.


 40 – Soft Hair – Lying Has to Stop

Um dos meus clipes preferidos do ano, uma das melhores capas de disco de 2016, fácil. O som que eu escutei sem parar. Adoro essa letra confusa, adoro essas vozes e estou arrependido de ter colocado essa maravilha numa posição tão injusta.


 39 – Lady Gaga – John Wayne

Apesar do grande esforço, Joanne foi um disco que não decolou. Acredito que o problema tenha sido na escolha dos singles. Se esse trabalho estava em  busca de uma identidade, John Wayne era um caminho promissor. Apesar de não ter sido um single oficial, é uma música que merece ser ouvida, de preferência nas alturas.


 38 – MAI LAN – Technique

Sabe aquela simplicidade criativa que o pop não mostra faz tempo? Ok, talvez Sia seja a única que nos entrega um material assim. MAI LAN é uma francesa vietnamita que tem um dos visuais mais bacanas do cenário internacional. Technique prova que ainda é possível brincar com as palavras. O clipe tá no meu top 5 do ano <3


37 – Alessia Cara – Wild Things 

Por falar em simplicidade e talento, Alessia é a jovem americana que melhor se enquadra nesse contexto. Com uma postura madura e letras que retratam as suas legítimas inquietações, ela lançou essa maravilha chamada Wild Things, que fala sobre uma geração que procura seguir as suas próprias regras.


36 – Her – Union 

O duo Her nos deu de presente essa balada sobre o amor verdadeiro. Confesso que demorei a embarcar nesse som, mas assim que fui repetindo, me apaixonei valendo. Acho que é a música mais sedutora do ano. O clipe é  muito bom, adoro a fotografia e a sincronia da edição.


35 – Noname – Diddy Bob (feat. Raury & Cam O’bi)

Fatimah Warner, conhecida como Noname, escreve letras lindas hip hop e é a minha artista do coração no momento. Ela chamou o cantor de soul Raury e o talentoso  Cam O’bi e lançou no seu disco Telefone, essa balada irresistível.

Raphael é professor, formado em Ciências Econômicas, Letras e atualmente se dedica ao mestrado em Educação. Escreve sobre música, comportamento e cinema. É apaixonado por Twin Peaks, playlists e quase sempre pelos amigos | Para segui-lo no Twitter: @RaphaelAlves

2 Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Último post de Dicas

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas