CONSCIÊNCIA COLETIVA

Monthly archive

dezembro 2016

2016, o pior ano da história?

em Comportamento/Opinião por

Esse ano foi mesmo um ano de estranheza, de deslocamento e de mudança. Nas últimas semanas, um tipo muito cruel de negação, de pessimismo tardio, viralizou. Sites do mundo inteiro estão constantemente listando as tragédias e as mortes que marcaram 2016. Esse conteúdo, como não poderia deixar de ser, é compartilhado como a prova cabal do desespero que nos guia. O like jornalismo, o maior patrocinador do “2016, o pior ano da história”, vem descrevendo com euforia esse cenário de caos, tristeza e negatividade. Esperto como é, ele já percebeu que ao financiar o medo, pode criar sozinho o mito…

Continue Lendo

Retrospectiva 2016: as séries que amamos

em TV e Séries por

Listamos as nossas séries preferidas do ano. Apesar dos problemas, 2016 foi um ano de bastante visibilidade, algumas produções de alto nível bateram recordes de audiência, séries mais alternas acabaram despotando. Tivemos surpresas como Stranger Things e Westworld, algumas expectativas não superadas, como Luke Cage e até Rupaul nos entregando uma das melhores vencedoras de todos os tempos. Vamos lá,

Continue Lendo

Os joguinhos como estratégia de conquista

em Comportamento/Opinião por

As pessoas parecem ter esquecido a máxima que diz “quem quer arruma um jeito, quem não quer arruma desculpa”. Hoje em dia, se tratando de conquistas, a estratégia mais usada é um troço chamado joguinho. Quem faz o joguinho da sedução parte do paradoxo de que é interessante demonstrar desinteresse. A reflexão aqui abre espaço pra gente pensar um pouco sobre o modo como nos posicionamos no momento em que nos predispomos a conhecer alguém, como lidamos com nossas relações e como nos enxergamos nesse processo. Não ligar no dia seguinte ou esperar duas horas para visualizar e mais outras…

Continue Lendo

Sense8 quer te desejar um feliz Natal

em Séries/TV e Séries por

Natal. Presente. Fartura. Época de confraternização, mas também dos queridíssimos Especiais de Natal. Sense8, que apesar de questionada foi uma série bastante querida por seus fãs (junto a Stranger Things, são séries que levaram várias pessoas a se envolver emocionalmente com seus personagens, talvez as Originais Netflix que mais fizeram isso), trouxe uma proposta que se assemelha mais a “um presente” que Lana Wachowski e o elenco queriam dar aos fãs. Confesso que a duração (mais de 120 mins) do episódio de cara me assustou, com um tempo quase de um filme o espectador espera que dali saiam tramas e…

Continue Lendo

As coisas simples podem fissurar o mundo caótico?

em Comportamento/Opinião por

E aí, vamos de coisas simples? Começo este escrito dizendo que não tenho a pretensão de julgar quem decidiu viver tranquilamente no caos contemporâneo ou quem vive reclamando dele. Não compete a mim, fazer os julgamentos. Penso mesmo que a ninguém mais do que quem os vive. Escolhi um caminho diferente. Quero falar das coisas simples que podem funcionar como fissuras. (Claro que ao escolher um caminho assumo uma postura, um lado, um partido. Tenho tudo contra a neutralidade!) Tenho 32 anos, mas vivi toda minha infância no interior do estado de Pernambuco e na zona Rural. Isso me deu…

Continue Lendo

Leitura Essencial: Beladona

em HQ/Nerd por

Uma jornadada envolvente pelo universo sombrio de Samantha! O mundo dos sonhos é um terreno fértil para a construção de grandes narrativas. Uma única mente pode criar universos fabulosos em seu subconsciente. Ana Recalde conseguiu criar uma saga envolvente em Beladona, que conta a história de uma garota que desde os sete anos (a partir do ponto de partida da história) vive experiências assustadoras através dos seus sonhos. Samantha, a protagonista dessa história, sofre com terríveis pesadelos que a levam para cenários sombrios povoados por criaturas assustadoras. Com o passar dos anos ela vai aprendendo mais sobre esse universo que…

Continue Lendo

Sense8 – Especial de Natal, um presente para os fãs

em Séries/TV e Séries por

A Netflix e Lana Wachowski presentearam os fãs de Sense8 com um especial neste 23 de dezembro de 2016. Com pouco mais de 2 horas, a história em tela não avança muito no universo, contudo, mostra os efeitos dos acontecimentos da 1ª temporada. No fim da última temporada ficamos cheios de indagações, principalmente sobre como ficaria Will (Brian J. Smith) após trocar olhares com o Sussuros (Terrence Mann)? Neste especial descobrimos que Will e Riley (Tuppence Middleton) levam uma vida de fugitivos, na qual Will passa boa parte do tempo drogado com heroína. Quem também passa boa parte do tempo…

Continue Lendo

Retrospectiva 2016: As atuações que se destacaram na Tv e no Cinema

em Cinema/Opinião/TV por

Reunimos alguns autores do anallógicxs e aqui estamos para decidir quais foram as atuações mais marcantes de 2016. Bruno Carvalho  ficou com Anthony Hopkins, o literalmente dono de Westworld. Atuação de primeira, personagem com os melhores diálogos e que guia toda a temporada. Já Diogo Stanley escolheu dois artistas nacionais: Marcus Majella. O intérprete de Ferdinando do “Vai Que Cola” e do “Ferdinando Show”, que deixou sua marca na comédia esse ano. Sua atuação e presença de palco agradaram ao público e crítica, consagrando o ator como expoente do humor nacional. Selma Egrei Ela interpretou a personagem “Encarnação” na novela “Velho Chico”.…

Continue Lendo

Retrospectiva 2016: As personalidades que roubaram a cena

em Opinião por

Aqui vamos registrar quais as figuras públicas que se destacaram esse ano e que merecem ter o nome na história. Nessa categoria tivemos votos bem diferentes uns dos outros, mas uma coisa é verdade: todos os nomes citados são de mulheres, e isso é maravilhoso! – Igor Icael escolheu a cantora Rihanna, que lançou disco esse ano e foi bastante premiada. Após sofrer duras críticas de boa parte do publico sobre o seu novo álbum, o “Anti”, a cantora dá a volta por cima e emplaca um hit atrás do outro com o novo disco, é homenageada no Video Music…

Continue Lendo

Dica de filme: A Casa de Pequenos Cubinhos, uma animação sobre a permanência

em Cinema/Indicações por

Esse curta de 2008 é sem dúvida um dos melhores filmes que vi esse ano. Disponível na netflix,  foi originalmente realizado no Japão e dirigido por Kunio Kato (que tem uns 13 trabalhos no curriculum e quase todos muito bons). Sem diálogos e com 12 minutos de duração, o roteiro conta a história de um homem que vem salvando a sua casa de inúmeras inundações, sempre construindo um novo andar com tijolos. Certo dia ele deixa cair um cachimbo e faz um mergulho em busca do objeto. A partir desse momento somos levados poeticamente para uma jornada que acaba se tornando também um…

Continue Lendo

Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas