CONSCIÊNCIA COLETIVA

O algoz

em Autoral/Devaneios por

Há um sentimento que me tortura, que me subjulga, que me coloca aos seus pés, que faz de mim servo e me acorrenta, que crava espinhos por todo meu corpo, que me faz reviver fantasmas de sentimentos, de sentidos. Por ele, sou forçado a relembrar beijos que me marcaram, toques que nunca fui capaz de esquecer, cheiros que me possuíram, promessas que jamais se cumpriram. Sou possuído de tal forma que sinto minhas próprias forças esvanecerem, sou tomado por esse poder maior e por um momento esqueço quem sou e vivo uma vida que já não é mais minha. Lembranças recentes e antigas se misturam num único grande sentimento e o que outrora fora alegria, prazer e amor de repente é tornado angústia, a angústia do presente que inveja a alegria que o passado consumiu.

É o eterno estado mutável das coisas que mantém a roda girando.

Mas o que seria da vida sem a efemeridade? É o eterno estado mutável das coisas que mantém a roda girando. E por isso eu me entrego a meu algoz, sem restrições. Entrego-me com as mãos estendidas, antebraços se tocando, prontas para serem algemadas, entrego-me com a cabeça baixa de quem se resignou, entrego-me como alguém que está pronto para oferecer nenhuma resistência. Entrego-me ao meu algoz porque sei que por mais cruel e perverso que ele seja, eu quero sentir. A alegria que o passado reserva me preenche, mas o presente clama pelos sentimentos que se foram, tateando desesperandamente para tocá-los e sendo capaz de sentir apenas os vultos e sombras do que fora outrora.

A saudade fez de mim seu escravo e eu alegremente aceitei. E ainda lhe ofereci biscoitos e um leite quente.

Professor de inglês, DCnauta, Nintendista e aspirante a Mestre Pokémon, gosto de usar minhas horas vagas para ver seriados, ler HQs, jogar, escrever e, claro, problematizar.

  • Bianca Soares

    Gentxxxxxx que lindo esse textinho.

  • Bjork brasil

    Que intenso, vou mandar p o crush

Último post de Autoral

Tempestade

Eu me apaixonei pelo meu amigo. Me apaixonei pela sua forma tão

A uma mulher

Estava subindo no ônibus quando ouvi uma senhora falando em bom tom
Ir para o Topo
Pular para a barra de ferramentas